Colonoscopia

14 de abril de 2018

É o exame mais utilizado atualmente para o diagnóstico e tratamento de pólipos e outros problemas do intestino grosso. Para este exame é utilizado um equipamento endoscópico flexível, dotado de uma câmera e um sistema de iluminação. Através desse equipamento é possível diagnosticar um pólipo, realizar uma biópsia ou mesmo removê-lo.

Também é útil para realizar biópsias da mucosa intestinal nos casos de suspeita de colite e outras doenças que afetam internamente a mucosa deste órgão.

O exame é realizado sob sedação e requer um preparo intestinal prévio e completo, de forma que o intestino esteja totalmente limpo de resíduos e a visão do médico examinador seja máxima na busca de alterações.

Para a prevenção do câncer de cólon, nos pacientes sem nenhum histórico familiar ou sintomas, a colonoscopia deve ser realizada a partir dos 50 anos.

Entretanto, em caso de sintomas (sangramento ou muco ao evacuar) associado a alterações do ritmo intestinal ou histórico de câncer intestinal familiar, poderá ser necessário antecipar o exame.

Quando removido o pólipo ou realizada biópsia, o material é enviado para análise de um médico Anatomopatologista. De acordo com o laudo, seu médico irá decidir a conduta para o tratamento ou acompanhamento da situação.

Aviso Legal

As informações contidas neste website são de caráter exclusivamente informativo e educacional e, portanto, não pretende substituir a consulta médica nem recomendar plano de tratamento. Seu médico deverá sempre ser consultado - somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina. Respeitamos os artigos da Resolução nº 1974/11 do Conselho Federal de Medicina.

Temas Recentes

Copyright by Edna Ferraz 2018. Todos direitos reservados